A morte

A morte é algo que não consigo lidar bem, acho que pra todos é assim. Aonde eu estiver sempre há algo que me faz lembrar de alguém que perdi, alguma música que não me deixa esquecer, algo que abra a ferida, o vazio que é a perda de alguém querido. Mas, não acho que a solução seja esquecer, mas guardar as boas lembranças por mais dolorido que seja pois é dessa forma que mesmo sem a presença de alguém, ela se mantém viva dentro de nós. Nunca me esqueço do que um professor disse, quando alguém morre deixa uma lacuna que jamais poderá ser preenchida de novo, ninguém pode substituir. É a verdade, e querendo ou não temos que saber lidar com essa cruel verdade sobre o fim de uma estrada que é a vida, que uma hora vai acabar e não avisa.
Jamais esquecerei meu professor de biologia, Jair, um dos melhores que tive. Queria poder dizer como ele foi importante, mas já é tarde. Não só pessoas que conheci, mas o tanto de vidas perdidas na tragédia de Mariana, tantas famílias desfeitas, vidas destruídas

Lágrimas é o que tenho
Para mostrar meus sentimentos
A grande falta que sinto
Do quem jamais estará novamente comigo

Não posso me esquecer
Mas também não posso ter
A certeza da cruel verdade sobre a vida
Atormenta minha alma ainda viva

A morte é como uma grande lacuna
É como um abismo no fim da rua
E todos uma hora chegam lá
Deixando apenas tristeza no ar

Eu sinto tanto a falta
De tanta gente que amava
E é tão cruel não poder fazer nada
Nem ter ao menos uma despedida
Nem dizer como sem vocês me sinto vazia.

image

Sophia Oliveira.

4 comentários em “A morte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s