Segredos da alma

Me sinto tão pesada
Com o peso de tantas lágrimas
Que nunca foram derramadas
Mas que carregam uma angústia
Que parece inacabada

Todas as noites que passo em claro
Parecem não significar nada
Mas são meus pensamentos gritando
O que pra minha alma não passa

Não adianta tentar fugir dessa sombra
Desse sentimento que me assombra
E a cada noite que passo em claro
Sempre me afronta

De nada adiantam meus falsos sorrisos
Somente escondem meu peito aflito
Só aumentam meu pesar
E se tornam um grande abismo

Estou a beira de um precipício
Que eu mesma causei
E só eu posso me tirar disso
Do que apenas eu sei

Mas é tão difícil
Mesmo sabendo é tão dolorido
Não conseguir sair dessa aflição
Que é como uma facada em meu coração.

image

Sophia Oliveira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s