Verdades distorcidas

É incrível como hoje as pessoas se sentem satisfeitas com tudo que é dito, não procuram saber o porquê, não procuram saber os motivos por trás disso. Isso acaba tornando muitos cegos por não enxergarem que alguns se aproveitam disso. Esses observam os que não mostram interesse em questionar e saber a verdade, ou simplesmente que estão deprimidos, sozinhos e tão fracos que acreditam em tudo que dizem. Esses dão um prato de falsas verdades e cegam mentes, tudo por ganância. O que o mundo está precisando é tirar a venda dos olhos e ver isso, que não é algo difícil de enxergar e é pela sabedoria e conhecimento que isso pode ser resolvido.

Farsas ganharam seu pódio
Fatos ganharam apenas ódio
Muitos caminham vendados
E com ilusões são comprados

Assim elas ganham força
Dando ilusões aos acabados
Oprimindo toda sabedoria
Para ganhar almas oprimidas

Não enxergam a hipocrisia
Das palavras que são ditas
Pelos que proferem tantas mentiras
E tornam tantas mentes iludidas

Seguem um caminho sem rumo
E acham que é uma garantia
Seguem por um caminho escuro
E acham que é uma luz que os guia

São tantas falsas ideias impostas
Que não tem nenhuma resposta
Para justificar a grande ganância
Que sustenta tantos hipócritas

Alguns por medo de contrariar
Preferem somente concordar
Para não serem julgados
Por muitos que vão apontá-los
Como se fossem errados

Esse é o fruto de mentes vazias
Da falta de mentes preenchidas
Com pensamentos a procura de sabedoria
Que por medo ou cegueira
Nunca é a escolha seguida.

Sophia Oliveira.

2 comentários em “Verdades distorcidas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s