A pior forma de racismo

Desde que acabou a escravidão
Tudo parece ter melhorado
Mas ainda existe uma grande discriminação
Num país que mesmo tão miscigenado
O preconceito anda bem ao lado

Não é o negro que é vitimista
A sociedade que sempre foi opressora
Não sabe o que é ser o oprimida
E para muitos isso já foi vencido
Mas é aí que começa a pior forma de racismo

Não entendo a pessoa
Que diz não ser opressora
Mas faz cometários preconceituosos
É essa que finge não ser uma agressora
Diz que foi um mal entendido
Diz que dos negros é defensora

Isso é refletido nas crianças
Nossas pobres crianças
São arrastadas pela influência
Dos que ganham sua confiança

O garoto chama o colega de macaco
Podem dizer que é só uma criança
Que não há nada errado
Que ele nem se deu conta do que tinha falado
Mas é desde pequeno que se aprende
Que todos merecem ser bem tratados

Uma menininha diz que principes brancos lembram realeza
Que os negros não têm essa beleza
É assim que se começa o pensamento doentio
Que é herdado de pai pra filho

Em universidades se conta nos dedos
Todos que são negros
Não é por que não se esforçam
Mas é só mais uma prova do preconceito
Uma prova de que mesmo com tão poucos
As cotas têm algum efeito
Enquanto o ensino público é cheio de defeitos

Quando essa doença vai parar?
Dizem que o preconceito não existe
Mas ele não para de aumentar
Quando de verdade o negro vai ganhar seu lugar?
Quando todos vão aceitar
Que nessa guerra é pela união que vamos ganhar?

É algo tão explícito
E ao mesmo tempo tão escondido
A sociedade anda vendada
Mas com as mãos armadas
E o que mais machuca
São as amargas palavras

Está na hora de passar a ver
O que não é difícil de encontrar
De largar esse pensamento doentio
E ensinar para seus filhos
Que o preconceito está no simples ato
De pela cor o negro ser julgado.

Sophia Oliveira.

Sabe,tive que escrever sobre esse assunto. Uma das coisas que mais me entristece é ver que ainda existe o preconceito racial, mesmo aqui no Brasil que é um país tão miscigenado. E acontece da pior forma, pois enquanto o preconceito era explícito, criaram leis, mas hoje continua de maneira sutil. Já ouvi pessoas falando que não existe preconceito, que o próprio negro é culpado pelo preconceito que sofre, já vi cenas de preconceito na escola, já ouvi “piadinhas” ou “brincadeiras” preconceituosas. A partir do momento que passei a perceber o quanto isso acontece, essas coisas passaram a gritar aos meus olhos. Tudo se resume a um mal entendido, uma brincadeira, mas sabemos que não foi apenas isso. Tenho certeza para a pessoa que sofreu com isso, não foi só uma brincadeira. Têm pessoas que dizem que o branco também sofre preconceito, por ser chamado de qualquer nome associado à cor branca, querendo comparar ao que acontece com as pessoas negras, mas é como minha professora disse, nunca vi nenhum relato histórico de algum branco que foi humilhado, morto, discriminado, julgado só por sua cor, porém se formos contar com quantos negros isso aconteceu e ainda acontece, perceberiamos que é algo incontável.

9 comentários em “A pior forma de racismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s