Grande decepção

Acontecem tantas guerras
E a cada uma delas
Famílias são desfeitas
São incontáveis as vidas que se leva

São vidas levadas por nada
Num mundo onde a ganância predomina
Onde essa desumanidade não passa

É tanta pobreza
São tantos povos esquecidos
Tantos por suas condições desmerecidos

A África é tão esquecida
Com tanta fome, tão precária
O sorriso escondido de um povo
Que vive com tantas dificuldades
E ninguém se importa se passam por necessidades

São tantas pessoas sem abrigos
Na rua perdidas e sem rumo
Sem ter um ombro amigo
Só olhares de nojo de outros que sempre tiveram tudo consigo

Num mundo onde encontramos lágrimas tão pesadas
Com tantas dores e feridas mal curadas
Num mundo onde só existe desigualdade
Todos só querem tranquilidade

Tudo o que me pergunto é porquê
Como chegamos nesse ponto
Que parece não ter como reverter
Como o ser humano caminha para sua própria desgraça
A troco de dinheiro, que perto disso é nada

É algo que deveria ser pensado
Mas simplesmente é deixado de lado
O ser humano acompanha um ritmo
Onde o mundo vai ser perdido
Caminham para seu próprio fim
E é isso que entristece tanto a mim.

Sophia Oliveira.

4 comentários em “Grande decepção

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s