Padrões errados

Várias famílias negras
São discriminadas todos os dias
O racismo anda ao lado de suas vidas

Ninguém parece reparar
Que aqui todos têm cabelo alisado
Onde estão nossos cachos?

Cabelo liso é algo lindo
Branca do olho bem clarinho
Mas negra dos grandes lábios
Olhos escuros e um corpo marcado
É feio, fora do padrão estabelecido
Que ainda não foi vencido

“É a minha opinião”
“O que penso não é nada não”
Será que não é mesmo?
E a menina que foi mudada
Ou melhor, moldada
Reprimida pela sociedade
Pra obedecer padrões de vaidade?

E o menino que usa black?
“Não vai cortar o cabelo?”
“Tá fugindo do barbeiro?”
“É melhor cortar, grande é feio”
Mas se fosse liso seria lindo
Se fosse liso não teria nada disso

Muitos não podem ver um negro
Olham como se fosse um bandido
Como se todos os crimes
Por ele fossem cometidos

Isso é preconceito
É o racismo mascarado
O racismo não visto.

Sophia Oliveira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s