Tranquilidade de amar

Doce amor
Serena paixão
Invadiu minha alma
E roubou meu coração

Oh, que doce calma
Que doce confusão
Que me causa essa arritmia
Que alegra tanto minha vida

Conhece cada parte
Cada detalhe sabe
E com dois olhares
Formamos um par entre tantos pares

Entrelaçados pelo amor
Amamos escondidos
Mas nossos olhares gritam
Tudo o que não é dito

Ao seu lado você nem imagina
Que fico cada vez mais encantada
Não pelo tanto que amo
Mas pelo tanto que sou amada.

Sophia Oliveira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s